A Cushman & Wakefield anunciou a colocação de um centro de negócios Regus no Edifício Liberdade Street Fashion, no centro de Braga.

A consultora imobiliária e a multinacional Regus, especializada na oferta de espaços de trabalho e escritórios, chegaram a acordo para a instalação de um centro de negócios no conjunto comercial Liberdade Street Fashion, no centro de Braga.

A Regus vai investir um milhão de euros para criar um centro com cerca de 800 m2 que lhe permitirá acolher até 120 clientes, sendo o primeiro inquilino a ocupar o novo piso de escritórios que resulta da conversão de uma área anteriormente ocupada com retalho.

A Cushman & Wakefield, que representa o Grupo Regojo, proprietário do edifício, actua na gestão e comercialização deste activo, tendo ao longo do último ano vindo a operar um plano estratégico com vista a relançar o conjunto comercial.

De acordo com André Navarro, partner e director de gestão de activos de retalho da Cushman & Wakefield, “desde 2016 temos vindo a procurar reposicionar o Liberdade Street Fashion, alcançando a ocupação total do piso original de escritórios, e aproveitando a crescente procura por este tipo de ocupantes para converter o primeiro andar – originalmente de retalho – em escritórios e serviços. A chegada da Regus, que ocupará quase metade deste piso, representa o início desta transformação, havendo já interesse de outras empresas multinacionais em ocupar os restantes espaços”.

Este processo de relançamento do edifício foi também alavancado pela decisão do Grupo Regojo de promover a instalação do Liberty Fitness Center na totalidade do segundo andar. Desta forma, o retalho concentra-se exclusivamente no piso térreo, tendo a Cushman & Wakefield colocado nesta localização, durante o último ano, insígnias como Tiffosi, Zilian, Camport, entre outras.

A equipa de gestão de activos da Cushman & Wakefield, que conta com 28 profissionais, tem 403.000m2 de activos imobiliários sob gestão, dos quais 133.000m2 são de activos de retalho.